Você está em: Notícias»Câmara Ouve População, Especialistas e Policiais a Respeito do Programa Olho Vivo

Câmara Ouve População, Especialistas e Policiais a Respeito do Programa Olho Vivo

Câmara Ouve População, Especialistas e Policiais a Respeito do Programa Olho Vivo
Uma Audiência Pública na noite da última terça-feira, idealizada pelo presidente do Legislativo, Geraldo Nicácio Júnior, reuniu especialistas em videomonitoramento, autoridades em segurança pública e agentes políticos que implementaram com sucesso, ou planejam implementar o sistema em suas cidades. Três prefeitos de cidades vizinhas compareceram ao encontro: Wirley Reis, de Itapecerica; Mériton Alves, de Sâo Francisco de Paula e Almir Resende Júnior, de Carmo da Mata. Itapecerica trabalha com o Olho Vivo desde novembro de 2018, o prefeito veio, gentilmente, relatar um pouco da experiência com o Programa, na cidade. Os outros dois chefes do Executivo assistiram as apresentações, conheceram melhor o Sistema e também vislumbram sua instalação em seus respectivos municípios. A Guarda Municipal de Lagoa da Prata, representada pelos membros Werley Goulart e Luciano Júnior, sob o comando de William Douglas, abriu as apresentações discorrendo sobre todas as vantagens que o sistema oferece no combate e, principalmente, na prevenção da violência e criminalidade. Eles não consideram alto o valor para implementação do Programa , pois as vidas preservadas pelo mesmo, não têm um preço Duas reconhecidas empresas que oferecem serviços de instalação de câmeras e monitoramento, apresentaram seus materiais com o que há de mais moderno e eficiente no setor: SEGPROTEGE E OLHO VIVO MG, representada pelos senhores Clayton, Jean e Hedeilson e TIAGO SAT, representada pelo senhor Samuel Domingos Belo. Para se ter uma ideia, algumas das câmeras, de altíssima definição, podem cobrir com qualidade um raio de sete quilômetros e os sistemas mais avançados são capazes de identificar placas automotivas procuradas pela polícia, bem como, realizar reconhecimento fácil, possibilitando a captura de foragidos da justiça. Entre as autoridades de Segurança Pública foram ouvidos o Comandante da 59ª Companhia de Polícia Civil, Tenente Clevson Neves Montijo, o Tenente Bombeiro, Antônio Márcio Vaz de Sousa e o Delegado da Polícia Civil, Flávio Silva Braga. Todos veem a medida com bons olhos e torcem para que o Programa seja, em breve, uma realidade no município. Entre as entidades presentes no evento, destacou-se o Circuito Turístico Campos das Vertentes, representado pela sua Diretora Executiva, Nêm Campos. Ela anunciou que, por meio da organização a qual dirige, se houver a adesão de oito cidades da região, a Intelbrás doará o projeto para atendê-las. O material será enviado ao Ministério do Turismo, na tentativa de angariar verba para a implementação do Programa Olho Vivo por todo o circuito. Os vereadores presentes se manifestaram após os oradores inscritos. O apoio deles ao Programa foi unânime. Eles concordaram com as autoridades policiais civis e militares, especialistas em Segurança Pública e com os técnicos das empresas de videomonitoramento. O presidente da Câmara, Geraldo Nicácio Júnior, que recentemente foi vítima da violência urbana, visivelmente emocionado se comprometeu a auxiliar financeiramente o Executivo. Assim, será viável a instalação e manutenção do sistema de videomonitoramento. A decisão de Júnior foi apoiada por todos os seus pares presentes. Um único cidadão, membro da sociedade civil, manifestou o desejo de acrescentar algumas palavras ao final do encontro. Helder Domingos Borges, servidor municipal da Prefeitura, parabenizou à Câmara pela iniciativa e considerou de grande utilidade a instalação das câmeras, no município. Por fim, o presidente saudou os servidores da Câmara, que não mediram esforços na organização e realização do evento e concluiu o congresso agradecendo aos presentes, dentre eles, muitos visitantes, que só vieram à cidade por ocasião da Audiência.


© 2019 - Desenvolvido por Lancer