Você está em: Notícias»OBRAS DA RUA FRANCISCO BARRETO OBRAS DA RUA FRANCISCO BARRETO

OBRAS DA RUA FRANCISCO BARRETO OBRAS DA RUA FRANCISCO BARRETO

OBRAS DA RUA FRANCISCO BARRETO 
OBRAS DA RUA FRANCISCO BARRETO
O Vice-Presidente do Legislativo, Francisco Donizetti Naves, afirmou que os bueiros da Rua Francisco Barreto foram destruídos durante a reforma. Ederson de Souza da Silveira estranhou a repercussão dada ao valor investido na obra, cerca de 300 mil reais, e o comparou à previsão orçamentária de 2,5 milhões que, segundo ele, é mencionada em um projeto de reforma da sede da Câmara Municipal. O edil também encorajou seus pares a procurarem os órgãos competentes, caso desconfiem de irregularidades e acrescentou que aqueles que fazem acusações, precisam prová-las. Gilmar Sebastião Cândido repetiu que o contrato da reforma foi firmado em 2016 e contempla a obra de escoamento pluvial e asfaltamento. De acordo com o vereador, mente quem diz que há verba federal apenas para os trabalhos de drenagem. Com ironia, o parlamentar questionou estou estaria a quantia prevista no convênio de quatro anos atrás, já que a pavimentação é custeada pelo Executivo. O parlamentar Antônio Ananias de Souza reafirmou que o Executivo está empregando recurso próprio na obra, para acelerar sua conclusão. Porém, segundo ele, o investimento será ressarcido pela empresa que iniciou os trabalhos e foi dispensada. O Presidente da Câmara de Vereadores, Geraldo Nicácio Júnior, lembrou o sofrimento dos moradores da via com a obra que, segundo ele, quase fez aniversário. Em seguida, parabenizou os edis que conseguiram a verba para a reforma junto ao Deputado Federal Domingos Sávio. Por fim, o parlamentar pediu à Prefeita que estenda o asfaltamento por toda a rua e colocou o Legislativo à disposição para ajudar. Ederson de Souza da Silveira, um dos parlamentares responsáveis por angariar o recurso que permitiu a reforma da via, informou que a expansão da pavimentação já está nos planos do Executivo e contemplará, ainda, a Rua Anselmo Gaio. Ronaldo de Paula Gonçalves esclareceu que o asfalto irá até a Mercearia do Gilmar, como previsto em um aditivo contratual. A intenção do Chefe do Executivo, no entanto, é de levá-lo até a região das Chácaras.


© 2020 - Desenvolvido por Lancer